PEDRO SILVA

Acima de tudo ajudaste a perceber que postura ter perante mim próprio, mais do que perante a situação. Inicialmente eu queria conhecer os passos práticos que tinhas dado para encontrar um novo rumo para a carreira (a situação). Ao longo das nossas conversas, o que fui retendo foi a importância de encararmos esta situação (ou outra) como uma consciência mais vincada da nossa pessoa. Útil não apenas para a situação em si, mas para qualquer outra situação.”  

PEDRO NUNES

O que (me) levou a contatar foi a associação a um certo número de valores … imparcialidade, ponderação, experiência, maturidade, o facto de me sentir capaz de confiar em ti. Para além disso, tratando-se de um assunto delicado, esperava que não fosse tomado qualquer partido, e que o teu input fosse pro-ativo e positivo, que foi o que acabou por acontecer. Não foi alheio também o facto do teu percurso recente passar por uma redescoberta pessoal e de certa forma fui confrontado com a mesma necessidade. Para alguém que procure uma opinião (…) que se centre na reinterpretação, na redescoberta pessoal, na reflexão, na partilha de experiências… sinceramente acho que te deve procurar. 

MARIA CABETE

“O benefício foi imenso, consigo ver as coisas numa outra perspectiva, isto é, nem sempre as coisas têm de ter uma explicação taxativa. São assim por algum motivo e não temos de explicar tudo de uma forma crua e racional. Às vezes as coisas sentem-se, algo que eu já sabia. Mas tu relembraste-me. Em última análise, reaprendi a relativizar as coisas e a dar mais importância àquilo que realmente tem.”